Ministério Público recomenda que faculdades particulares em SAJ renegociem contratos de estudantes

O Ministério Público em Santo Antônio de Jesus recomendou, que todas as instituições da rede privada de ensino superior no município promovam uma adequação nos serviços de ensino, para que sejam ajustados mediante o contexto da pandemia, apresentando, na medida do possível, programas de descontos percentuais nas mensalidades, bem como na prestação de um serviço de qualidade, na eficiência das plataformas digitais adotas na nova forma de ensino a distância, assim como na disponibilidade dos matérias usados pelos alunos, como computadores, notebooks e internet de qualidade.

Na recomendação, o Promotor Julimar Barreto, destaca que as instituições tem um prazo de 30 (trinta) dias, a partir da publicação, para apresentar todas as medidas de adequação de custos e descontos decorrentes da suspensão das aulas presencias devido a pandemia do novo coronavírus.