SAJ: grupo de venezuelanas retornam para o município após serem encaminhadas para Feira de Santana; Secretaria informa que grupo está sendo assistido

Um grupo de venezuelanos desembarcaram em Santo Antônio de Jesus e tem se tornado um desafio a Assistência Social do município. Diferenças sociais e idioma esbarram na tentativa de ajuda a um grupo de mulheres e suas crianças que percorrem o centro comercial em busca de ajuda financeira.

Ao Blog do Valente, a psicóloga do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social) informou que este mesmo grupo foi resgatado pela Secretaria de Assistência Social e encaminhado a cidade de Feira de Santana, onde já existe um programa de apoio a estrangeiros, em especial a venezuelanos.

“A cidade de Feira de Santana tem um bairro, com uma estrutura organizada para receber estes venezuelanos. Quando o grupo chegou a Santo Antônio de Jesus, disponibilizamos local para banho e comida e abrigamos em uma pousada até o dia em que fossem encaminhados a Feira, onde já existe um grande grupo”, disse Marla.

Ainda conforme a psicóloga, o grupo de mais ou menos 15 pessoas foram encaminhadas a cidade de Feira de Santana nos dias 08 e 09 de outubro, no entanto retornaram a cidade. Três mulheres e seus bebês.

“Estamos aqui para entender o porquê deste retorno. Ainda não sabemos o motivo. É cultural deles usar as crianças para arrecadar dinheiro, o que sensibiliza mais a população”, acrescentou, ressaltando que o grupo está sendo assistido pelo município que disponibilizou acolhimento em uma pousada.

Em contato com o Blog, o secretário de Assistência Social explicou que entrará em contato com a secretaria de Feira de Santana para que o grupo retorne para lá. Lucas Santos salientou ainda que foi oferecido suporte como abrigo e comida, principalmente para as crianças, que estão mais vulneráveis.