Violência: Delegado afirma que suspeitos dos homicídios ocorridos durante a semana em SAJ já foram identificados

Delegado afirma que suspeitos dos homicídios ocorridos durante a semana em SAJ já foram identificados
Delegado Joaquim José Pereira de Souza, Coordenador da 4ª Coorpin em SAJ – Foto: Antônio Carlos/Blog do Valente

Seis pessoas foram mortas a tiros e duas tentativas foram registradas em Santo Antônio de Jesus durante esta semana. Em entrevista ao repórter Antônio Carlos, da Andaiá FM, o coordenador da 4ª Coorpin, as mortes estão sendo investigadas e alguns suspeitos da autoria de alguns deles já foram identificados.

“A Polícia Civil está fazendo um levantamento de todos os crimes ocorridos no município e já identificamos a autoria de alguns deles”, fala o delegado Joaquim Pereira.

Em relação a morte do mototaxista morto na Rua Castro Alves na tarde desta sexta (10) Pereira disse que imagens das câmeras de estabelecimentos nas proximidades do local estão sendo analisadas para identificar os autores.

“As investigações estão sendo feitas de forma criteriosas, foram coletadas imagens relacionado ao fato, é uma rua movimentada e com certeza vamos identificar os autores”.

Um  jovem, ainda não identificado, foi morto a tiros no Bairro São Paulo na noite desta sexta. Segundo informações ao Blog do Valente, a vítima foi atingida na região das costas por cerca de três tiros quando transitava na localidade conhecida como invasão do Derba.  Moradores da localidade informaram ainda que, homens a bordo de um veículo preto chegaram ao local atirando. segundo os moradores, mais de 40 tiros foram disparados.

No dia 03 de dezembro, um jovem de 23 anos, identificado como Mateus Souza Sampaio foi morto a tiros no bairro da Urbis I. De acordo com Ghiraldelli, o jovem já tinha passagem pela polícia por porte ilegal de arma e não descartou a possibilidade de envolvimento com o tráfico de drogas.

Na noite de sábado (04) um adolescente de 15 anos foi morto a tiros no loteamento Sales. De acordo a Polícia Civil o menor não tinha passagem pela polícia e nem há registro de envolvimento com algum crime. Ainda conforme a Polícia Civil, Fabricio foi morto com tiros, facadas e foi decapitado. Até o momento não há informações sobre autoria ou motivação do crime.

Um homem identificado como Caio foi morto no bairro da Urbis I. Caio pintava uma residência quando homens armados invadiram o local e atiraram. Caio foi atingido na região da cabeça. O crime ocorreu na última terça-feira (07)

Uma pessoa sofreu uma tentativa de homicídio no bairro do Amparo na tarde da última quarta-feira (08). O homem estava em uma oficina e cerca de 7 tiros foram deflagrados em sua direção. Ele não foi ferido.

Também na quarta, um jovem foi surpreendido por homens armados a bordo de uma motocicleta que deflagraram tiros em sua direção. O jovem foi atingido na região das costas e permanece internado no HRSAJ.

Em entrevista ao repórter Antônio Carlos o Coordenador da 4ª Coorpin disse que as mortes que ocorreram no mês de dezembro já têm autoria definida e as investigações em andamento estão adiantadas com a identificação de possíveis autores.

“Estamos fazendo operações para prender os autores. Ainda não podemos dar detalhes para não atrapalhar as investigações”, ressaltou.