“Os alunos não ficarão sem matrícula”, informa secretária após pais reclamarem de instabilidade no site de inscrição

Renilda Barreto informou que, tendo dificuldade, pais e alunos poderão ir até a secretaria da escola ou a própria secretaria de educação para fazer a matrícula

"Os alunos não ficarão sem matrícula", informa secretária após pais reclamarem de instabilidade no site de inscrição

Após pais e alunos reclamares a respeito da instabilidade do site disponibilizado para  a inscrição de matricula na rede municipal de ensino, a secretaria de educação de Santo Antônio de Jesus, Professora Renilda Barreto, disse que nenhum aluno ficará sem matrícula.

Em entrevista ao Programa do Valente, a secretária falou a respeito da instabilidade do site disponibilizado para a inscrição e explicou que nesta segunda etapa do processo de matrículas houve uma inconsistências na importação de dados dos alunos. Conforme  salientou, houve problema, principalmente nos dados dos alunos que precisavam de transferência para outras unidades devido ao avanço da série.

“Alunos que estudavam na Creche Tia Jú e passaram para o 1º anos infantil, ou aqueles que que passaram do fundamental I para o 6º ano, para esses alunos, ao importamos os dados para o censo houve problemas e deu inconsistência”, explica.

Por conta da instabilidade, o link foi fechado entrando em manutenção no fim de semana, retornando a funcionar a a partir das 13 horas desta segunda-feira, e de acordo a secretária, causou lentidão no sistema.

Renilda Barreto ressaltou ainda que, uma vez que o link disponível apresentar erro ou se  família do aluno tiver alguma dificuldade, não conseguindo assim fazer a matrícula de forma online, deverá se dirigir até a secretaria da escola.

“As escolas foram orientada a ajudar as pais no manuseio do link e se mesmo assim tiver algum problema com o link, pode fazer a matrícula em formulário impresso, como foi feito até 2020”, ponderou.

A professora Renilda acrescentou ainda que desde o mês de dezembro, quando se iniciou o processo de matrícula, monitores estavam nas escolas, para auxiliar os pais e responsáveis no processo de inscrição.

“Hoje nós realizamos inúmeras matriculas, tanto nas escolas, quanto na secretaria de educação. Em momento algum os pais estão desassistidos. Nosso lema é: nenhum pai sem resposta. E todos que procuraram a central de matrícula na secretaria de educação foram atendidos.