Médico nega atestado e orienta que mãe deixe criança de 5 anos sozinha em casa

Um médico de uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cambé, no Paraná, negou atestado médico a uma mãe que levou seu filho de 5 anos, com febre, para consulta, e disse que ela poderia deixá-lo sozinho em casa.

“Qual é o risco?”, repete o médico, enquanto a mãe diz que a criança está queimando de febre e não sabe se medicar ou se alimentar sozinha por 12 horas.

“Não pode deixar nada pronto pra ele, ele não consegue pegar comida?”,  disse o médico.

A mãe responde: “Meu Deus, doutor, onde é que o senhor está estudando?” O doutor ainda diz que na “lei”, alguém só não poderia ficar sozinho se tiver algum problema de locomoção, por exemplo. O médico foi afastado de suas atividades.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia