Jovem fica em estado vegetativo após levar um choque, empresa é condenada a indenizar

“sequelas neurológicas altamente incapacitantes e irreversíveis”

Maquina de chope
Foto: Reprodução/MyTapp

O acidente aconteceu durante uma festa universitária em 2018, no Paraná.

Um jovem ao usar uma maquina de chope, foi submetido ao uma descarga elétrica, levando-o ao estado vegetativo.

A justiça do Distrito Federal condenou a empresa que foi indiciada a pagar indenização para a vítima.

Segundo o bahianoticias, parceiro do Blog do Valente, a empresa Líquido Comercial de Alimentos foi condenada a indenizar por danos morais a jovem em R$ 100 mil e R$ 50 mil à mãe. Também foi determinado em segunda instância que a empresa terá que ressarcir os gastos com medicamentos, equipamentos, plano de saúde, alimentação especial, fisioterapia e outros cuidados que a jovem necessitar em decorrência do seu estado de saúde.

Segundo a Justiça, ficou comprovado que o equipamento, quando em funcionamento, era capaz de produzir choque de 220 volts em quem tocasse nela. A decisão também aponta que o laudo médico comprova que a descarga elétrica causou na estudante “sequelas neurológicas altamente incapacitantes e irreversíveis”.

 

Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícias