Viúva Negra’ é condenada a 21 anos de prisão por envenenar ex-namorado em Itabuna

Mulher foi presa em Itabuna suspeita de matar dois namorados envenenados no período de oito meses — Foto: Divulgação/Policia Civil

Conhecida como “Viúva negra”, a mulher suspeita de matar dois namorados envenenados, em um período de oito meses, será julgada na quinta-feira (31), em Itabuna.

A mulher, que nega os crimes, está presa em Itabuna à disposição da Justiça há quatro anos.

De acordo com a polícia, Wane Brenda Oliveira será julgada pela morte de Edvaldo Araújo Alves, de 40 anos. O homem foi o primeiro a ser morto e namorou com a suspeita por um ano.

Ela teria usado chumbinho para matar os dois parceiros assim que descobriu que eles tinham intenção de terminar o relacionamento com ela. As investigações apontam que as vítimas namoraram com Wane em 2017.

Nos dois casos, Wane Brenda socorreu as vítimas até uma unidade de saúde, após o veneno fazer efeito, mas em seguida, os dois namorados morreram.

A polícia não detalhou o período exato, mas disse que meses depois da morte de Edvaldo, Wane Brenda estava em um novo relacionamento com Evandro Bonfim de Souza, também de 40 anos. Ainda não há audiência marcada para julgar a morte da segunda vítima.