Feira de Santana: Família de médico morto por colega faz nota de repúdio após argumento de advogados

Feira de Santana: Família de médico morto por colega faz nota de repúdio após argumento de advogados
Foto: Reprodução / Redes Sociais

Familiares do médico Andrade Lopes Santana morto pelo colega Geraldo Freitas de Carvalho Júnior manifestou repúdio ao argumento da defesa do acusado. Segundo o Acorda Cidade, os advogados de Geraldo disseram que o disparo que vitimou Santana teria sido acidental após uma discussão sobre mensagens de celular. A justificativa foi rechaçada pela família da vítima que a considerou como afronta à inteligência.

Por meio de nota, os familiares de Andrade Lopes Santana teceram duras críticas à postura tomada pela defesa do réu confesso do crime e questionaram o fato de o país não ter medidas mais duras para combater determinadas ações criminosas.

“É lamentável que no Brasil ainda não tenhamos prisão perpétua, pois Geraldo com sua personalidade de psicopata invejoso, capaz de assassinar um amigo que nele depositou a sua confiança, um amigo que só fazia o bem às pessoas e procurava aliviar a dor e o sofrimento delas, deveria permanecer preso pelo resto de sua vida, apartado, por toda a sua existência, do convívio das pessoas de bem”.

Na sexta-feira (26), Geraldo foi ouvido em audiência no fórum de Feira de Santana. Testemunhas e familiares da vítima também foram ouvidas.

Fonte: Bahia Notícias