Moradores da Orlando Gomes reclamam de obra no Rio Mangabeira e interditam acesso

Foto: reprodução

As obras de macrodrenagem dos rios Mangabeira e Jaguaribe, que cortam bairros de Salvador, estão causando problemas para os moradores da região. Nesta quinta-feira (13), um grupo de pessoas que reside na Avenida Orlando Gomes interditou um acesso utilizado pelo Consórcio Desenvolvimento Urbano Do Jaguaribe, grupo responsável pelas obras, para transportar os materiais. A reclamação é de que, desde que as intervenções começaram, em 2017, caminhões pesados passam todos os dias pelo local, não asfaltado, e jogam poeira nas casas.

De acordo com o morador Paulo Sol, que participou dos protestos, o Consórcio já foi acionado diversas vezes por conta do problema, mas nada foi resolvido. “Temos gente aqui com problema de saúde, porque é muita poeira. São quase 30 caçambas circulando todos os dias por essa via. O vento joga a poeira para dentro. A gente limpa a casa de manhã e de tarde ela já está toda suja. Se for preciso, todos os dias eu vou fechar a via”, destacou.

Foto: reprodução

Galhos de árvores foram utilizados pelo grupo para impedir a passagem dos caminhões, que tiveram de dar a volta pelo asfalto.

As obras foram implementadas pelo governo do estado em 2017, por meio da Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia (Conder). Ao Bahia Notícias, o órgão afirmou que “solicitou ao Consórcio de Desenvolvimento do Jaguaribe, contratado para execução da obra de macrodrenagem, que sejam reforçadas as medidas para minimizar os transtornos causados pela poeira gerada pela execução dos serviços e a circulação de máquinas e veículos, principalmente, no que se refere à rotina de passagem do caminhão pipa nestas vias de acesso”.

A intervenção no rio Jaguaribe foi concluída em outubro de 2020, e teve o investimento de mais de R$ 147 milhões. Segundo o governo do estado, somente no trecho de orla são mais de 1.600 metros que passaram por um conjunto de intervenções que englobam ainda a implantação de ciclovia, piso tátil e iluminação em LED.

Neste momento, a gestão baiana segue realizando a obra no rio Mangabeira, que teve investimento de R$ 116 milhões. 

Fonte: Bahia Notícias