“Vai fazer oito anos que a gestão não consegue solucionar os problemas das estradas vicinais”, diz presidente da Câmara Municipal de Laje

Foto: Franck Monteiro / Blog do Valente

O vereador Josevan Lobo (PSD), presidente da Câmara Municipal de Laje, trouxe à tona diversas reivindicações no Plenário Valdomiro Souza Andrade nesta terça-feira (21). Ele abordou as preocupações dos moradores com a situação das estradas vicinais, a infraestrutura de um posto de saúde, a falta de medicamentos, problemas de iluminação e a má qualidade da água.

“A gente vê problemas graves dentro do município e que precisam ser resolvidos e já passou-se oito anos e a gente não consegue, a gestão melhor não consegue resolver. Por exemplo, aqui hoje nós fizemos algumas reivindicações às estradas vicinais. Olha só, já vai fazer oito anos que a gestão não consegue solucionar os problemas das estradas vicinais do nosso município. Diz que vai fazer acontecer mais nada. Passa anos, entra anos e não se resolve. Por exemplo, a comunidade do quilômetro 17, lá está intransitável, a situação é caótica nas estradas vicinais. A situação do quilômetro 22. Do Etero, de Itaparica, então são situações complicadíssimas”, revelou o líder legislativo em entrevista ao Blog do Valente.

Segundo Josevan Lobo, a cobrança na Câmara foi realizada devido à piora na qualidade das estradas, que são essenciais para escoar produtos da agricultura e transportar estudantes para as escolas.

“a estrada é muito importante para o nosso povo, é por ali que transita, é por ali que passa a educação, é por ali que passa a saúde, é por ali que passa o escoamento dos produtos dos nossos agricultores, então a gente faz essa crítica à gestão municipal”. 

Em Itaparica, zona rural de Laje, a população reclama das condições precárias de um posto de saúde e da falta de medicação.

“não se fez uma reforma ainda, 8 anos a população reclamando, os próprios servidores que prestam serviço faz a reclamação, sabe do problema, e a gente está aqui fazendo esse apelo para que possa reformar o posto de saúde de Itaparica, como os outros do nosso município, se demonstra que a saúde do nosso município não está bem, assim como falta de médicos especialistas, assim como falta de exames de alta complexidade, assim como falta carro de saúde para o nosso povo, então são situações muito, muito complicadas que acontecem no nosso município”, revelou Josevan Lobo  

Durante a sessão, o vereador reforçou ainda alguns pedidos para a gestão municipal, como manutenção da iluminação pública, atenção às 52 localidades de Laje e envio de uma equipe para avaliar a água imprópria para consumo no quilômetro 17. Segundo os moradores, a água tem causado coceiras.



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia