Polícia Civil prende adolescente suspeito de sequestrar, torturar e tentar matar mulher trans em Nazaré

Foto: Agência Brasil

A Polícia Civil de Nazaré, com o apoio de investigadores do SI da 4ª COORPIN, de Santo Antônio de Jesus, cumpriram o mandando de busca e apreensão de um dos responsáveis por sequestrar e torturar uma mulher trans em Nazaré em 05 abril. As investigações apontam que a jovem teria sido julgada pelo Tribunal do Crime da Facção Criminosa Katiara.

De acordo com a Polícia Civil a vítima foi sequestrada em 05 de abril, amarrada e torturada com chutes, murros e tapas, além de tortura psicológica. Os criminosos a “condenaram” à morte, após o julgamento, porém a mulher não havia cometido nenhum crime.

Com a condenação, a vítima foi levada para uma área de matagal onde integrantes da Katiara desferiram diversos disparos de arma de fogo. Ela se fingiu de morta, mas os marginais continuaram atirando. Mesmo com 17 tiros a queima roupa, a jovem conseguiu sobreviver e caminhou ferida até as margens de uma rodovia próxima.

Um motorista a encontrou e ligou para o Serviço de Atendimento de Urgência (SAMU). Já internada no Hospital Regional de Santo Antônio de Jesus, a vítima passou por diversas cirurgias na UTI e atualmente está fora de perigo, porém carrega sequelas.

Entre os acusados, estava um menor que participou de toda a ação criminosa, que foi detido na manhã de hoje (3). Ele irá responder por atos infracionais análogos aos crimes de Homicídio Triplamente Qualificado Tentado, Sequestro e Cárcere Privado e Tortura e será recambiado ao CASE – Centro de Atendimento Socioeducativo, em Salvador, ficando a disposição da Vara da Infância e Juventude.

 



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia