Governo da Bahia anuncia restrição completa de sexta (26) a segunda (1º); veja o que muda

Foto: Reprodução

O governador Rui Costa anunciou que uma restrição completa de serviços não essenciais foi decretada em Salvador e nas cidades baianas a partir das 17h desta sexta-feira (25) até às 5h da segunda-feira (1º). A medida foi declarada durante uma entrevista coletiva com o governador do Bahia, Rui Costa, e o prefeito da capital baiana, Bruno Reis.

A medidas de restrição tem como objetivo conter o avanço do novo coronavírus no estado

Na sexta-feira, os estabelecimentos não essenciais serão fechados nos seguintes horários: 17h (lojas de rua), 18h (bares e restaurantes) e 20h (shoppings). Este escalonamento o é necessário para que não haja aglomeração no transporte publico. Farmácia  e supermercados ficarão abertos, seguindo o horário do toque de recolher já decretado.

O governador esclareceu que não é Lockdown.

“Lockdown é fechamento de tudo e não é isso, vai suspender atividades não essenciais no fim de semana. Precisamos dar um choque de distanciamento, para que consiga reduzir a pressão no sistema de saúde”, disse Rui.

Veja como funcionará:

– Não será permitido o funcionamento de bares e restaurantes em nenhum horário, apenas delivery até a meia noite de sexta;

– A  policia vai fazer a fiscalização do cumprimento das medidas;
-Haverá ônibus apenas durante o dia;
– Proibida a  venda de bebidas alcoólicas tanto em bares, como em supermercados;
– Funcionarão farmácias, padarias, supermercados (qualquer local que venda alimento poderá funcionar);

-Proibido: loja, shopping, atividades esportivas coletivas, evento artísticos;

-A circulação de pessoas está liberada desde que não haja aglomeração.