Deputado do PSL destrói placa de exposição contra racismo na Câmara; o que você achou disso ?

Placa sobre genocídio à população negra Oposição vai ao Conselho de Ética

Placa sobre genocídio à população negra Oposição vai ao Conselho de Ética

O deputado Coronel Tadeu (PSL-SP) destruiu nesta 3ª feira (19.nov.2019) parte de uma exposição sobre racismo fixada em 1 corredor da Câmara. A obra destruída pelo deputado associa a polícia ao genocídio de negros. O ato foi filmado por outros congressistas, que repreenderam o pesselista, num princípio de confusão.

No espaço, que é voltado para receber conteúdos culturais, havia uma placa que retratava o genocídio à população negra e mostrava 1 policial de costas, com arma em punho, afastando-se do corpo de 1 negro vestido com a bandeira do Brasil. A obra é de autoria do cartunista Carlos Henrique Latuff de Sousa.

Ao se depararem com a depredação, deputados da oposição se revoltaram e prometem ir ao Conselho de Ética da Casa contra o Coronel Tadeu. “Não vamos nos calar, a placa vai ser reposta e o deputado será punido”, disparou Talíria Petrone

Em sua defesa, o político disse que a apresentação da exposição tem seu apoio, mas que o cartaz ofende aos 600 mil policiais do Brasil inteiro que trabalham 24 horas por dia para defender a sociedade independentemente de cor e raça”.

Via Twitter, a deputada Jandira Feghali (PC do B-RJ) afirmou que a destruição da placa mostra “o reforço da necropolítica, do ethos fascismo, do racismo institucional”.

*Pode 360