Auxílio emergencial: Veja quem recebe primeiro a 2ª parcela nesta segunda

Após prorrogações, por fim o calendário da segunda parcela do auxílio emergencial foi publicado pelo governo federal. São três cronogramas diferentes: um para recebimento em poupança social, um segundo para saque em espécie para beneficiários do Bolsa Família e um último para saque em espécie para poupança social e transferência automática para contas já existentes.

O pagamento terá início na segunda-feira (18) e segue até dia 13 de junho. Os beneficiários devem resgatar o recurso nas datas que correspondem ao mês de aniversário, ou, no caso de quem recebe o Bolsa Família, o pagamento está de acordo com o Número de Identificação Social (NIS) que vai de “0” a “8”.

Quem recebe primeiro?

Nesta segunda,18, os pagamentos saem para os beneficiários do Bolsa Família quem tem NIS 1. Veja o calendário completo de saque do auxílio emergencial para quem recebe o benefício:

 Calendário da 2ª parcela (saque) – Bolsa Família

  • 18 de maio (segunda-feira) – Número de Identificação Social  (NIS) 1
  • 19 de maio (terça-feira) – NIS 2
  • 20 de maio (quarta-feira) – NIS 3
  • 21 de maio (quinta-feira) – NIS 4
  • 22 de maio (sexta-feira) – NIS 5
  • 25 de maio (segunda-feira) – NIS 6
  • 26 de maio (terça-feira) – NIS 7
  • 27 de maio (quarta-feira) – NIS 8
  • 28 de maio (quinta-feira) – NIS 9
  • 29 de maio (sexta-feira) – NIS 0

Confira a seguir também os calendários para Poupança Social por resgate do recurso somente em uso digital e para saque em espécie me poupança social e demais públicos:

Calendário da 2ª parcela auxílio emergencial (uso digital) – Poupança Social

  • 20 de maio (quarta-feira) – nascidos em janeiro e fevereiro
  • 21 de maio (quinta-feira) – nascidos em março e abril
  • 22 de maio (sexta-feira) – nascidos em maio e junho
  • 23 de maio (sábado) –  nascidos em julho e agosto
  • 25 de maio (segunda-feira) – nascidos em setembro e outubro
  • 26 de maio (terça-feira) – nascidos em novembro e dezembro

Calendário da 2ª parcela (saque) – Poupança Social e demais públicos

  • 30 de maio (sábado) – nascidos em janeiro
  • 1 de junho (segunda-feira) – nascidos em fevereiro
  • 2 de junho (terça-feira) – nascidos em março
  • 3 de junho (quarta-feira) – nascidos em abril
  • 4 de junho (quinta-feira) – nascidos em maio
  • 5 de junho (sexta-feira) – nascidos em junho
  • 6 de junho (sábado) – nascidos em julho
  • 8 de junho (segunda-feira) – nascidos em agosto
  • 9 de junho (terça-feira) – nascidos em setembro
  • 10 de junho (quarta-feira) – nascidos em outubro
  • 12 de junho (sexta-feira) – nascidos em novembro
  • 13 de junho (sábado) – nascidos em dezembro

Pagamento será mais eficiente

Segundo anúncio do presidente da Caixa, Pedro Guimarães, em coletiva de imprensa na semana passada, o pagamento ao auxílio será mais eficiente. Isso porque a instituição agora conta com um banco de dados mais otimizado sobre os cidadãos que têm direito ao auxílio, o que evita pagamentos errôneos e agiliza o processo.

Além disso, o banco aumentou o número de recepcionistas e vigilantes nas agências e passou a abrir duas horas mais cedo. O horário de atendimento agora vai das 8h às 14h.

A Caixa também fechou parceria direta com prefeituras para melhor atendimento da população e divulgação de informações. A finalidade do banco é evitar as filas e aglomerações nas agências, o que aconteceu pelo Brasil inteiro durante pagamento da primeira parcela.

Embora o banco busque melhorar o atendimento presencial, o foco é manter o atendimento digital através de cadastro por aplicativo e movimentação do auxílio pelo “Caixa Tem“.

A Caixa orienta que somente devem ir às agências os usuários que precisam de serviços essenciais, ou os beneficiários que receberam o auxílio por meio da Poupança Social Digital e precisam receber o benefício em dinheiro.