Vitória é condenado a pagar mais de R$ 1 milhão a goleiro João Gabriel

O Vitória foi condenado a pagar pouco mais de R$ 1 milhão ao goleiro João Gabriel, que cobra do clube 16 meses de salários atrasados.

A decisão da 2ª Vara do Trabalho de Salvador cabe recurso. Procurada, a diretoria rubro-negra disse que não iria se manifestar sobre o assunto.

João Gabriel disputou apenas oito jogos pelo Vitória. Ele foi comprado junto ao Cianorte no início da temporada 2019, pela gestão de Ricardo David.

Meses depois, entrou em conflito com a nova direção do clube, já sob a batuta de Paulo Carneiro, e desde junho daquele ano não recebeu mais os vencimentos mensais.

Também com auxílio da Justiça, o goleiro conseguiu a rescisão contratual no último mês de maio.

Vale destacar ainda que o jogador foi revelado pela Fábrica de Talentos e fez parte do elenco profissional do Vitória entre 2010 e 2011, quando deixou a Toca do Leão para defender outras equipes.

Ajustes

Wagner Lopes comandou mais um trabalho tático na Toca do Leão.

O treinador tem aproveitado a semana sem jogos para fazer ajustes no time e testar novas opções.

Nesta quinta, foi o terceiro dia seguido de atividade com bola, e dessa vez o foco foi para as ações defensivas e jogadas de bola parada.

O treinador tem quase todo o elenco à disposição.

Guilherme Rend, Vico, Dinei e Ronaldo são os únicos que seguem entregues ao departamento médico rubro-negro.

A próxima partida do time será no domingo, contra o Náutico, em Recife.

*ATarde