Inauguração causa aglomeração e loja da Havan é fechada em Belém

A inauguração de uma loja Havan em Belém, capital do Pará, provocou aglomeração. Antes mesmo das portas se abrirem muitas pessoas já aguardavam na porta do estabelecimento, localizado na Avenida Augusto Montenegro. A Polícia Civil do Pará decidiu fechar o estabelecimento e informou “que o gerente será conduzido para prestar esclarecimentos “pelo não cumprimento das regras previstas pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Imagens compartilhadas nas redes sociais mostram o tumulto na hora da entrada e muitas pessoas sem máscara, em plena pandemia do coronavírus. A loja foi também autuada por descumprir decreto estadual que prevê medidas sanitárias para a prevenção da covid-19.

Essa é a quarta que o grupo inaugura no Pará. A abertura aconteceu na véspera de uma das maiores programações religiosas do Brasil, o Círio de Nazaré, que mesmo sem procissões este ano, ainda é a segunda maior data que movimenta o comércio local, considerada o Natal dos paraenses. A Prefeitura de Belém também se manifestou através de nota informando que se trata de um evento privado e, a responsabilidade quanto à contenção e distanciamento das pessoas é de responsabilidade dos administradores.