Bolsonaro indica tenente-coronel sem formação em saúde para diretoria da Anvisa

 

O presidente Jair Bolsonaro indicou hoje (12) o tenente-coronel da reserva, Jorge Luiz Kormann, que não tem formação em saúde, para ocupar uma vaga na diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Conforme informações do jornal O Estado de S. Paulo, o militar endossa, no Twitter, mensagens contrárias à Organização Mundial da Saúde (OMS) e também críticas à CoronaVac, vacina contra a Covid-19, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butantã.

A indicação ao cargo ocorre enquanto a Anvisa está sendo questionada sobre a sua autonomia para analisar o registro de vacinas, após suspender os testes da CoronaVac. No momento, Kormann é secretário-executivo adjunto do Ministério da Saúde, onde atua desde maio.

Fonte: Metro1