Saiba como consultar aprovação de benefício do INSS

Trabalhadores que dão entrada em algum benefício do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem ter dúvidas sobre o a situação da pedido, ao passo que o processo para verificar se a solicitação foi ou não aprovada pode ser feito rapidamente.  É possível fazer consulta do benefício do INSS pela internet, no portal ou aplicativo Meu INSS. Além disso, conhecer os prazos de análise e as regras de cada benefício, também pode ser útil para compreender os resultados da consulta.

Passo a passo para consultar benefício do INSS

Então, veja o passo a passo de como consultar aprovação de benefício do INSS:

  1. Acesse o site ou aplicativo Meu INSS;
  2. Faça login;
  3. Vá até a página “Meus benefícios”, nela estarão descritos os benefícios ativos e os que foram solicitados;
  4. Por fim, clique no benefício que deseja consultar para saber se foi aprovado.

O segurado pode se deparar com três diferentes respostas. Caso haja notificação de que o benefício está habilitado, significa que ainda está sob análise do INSS. Em caso de notificação para benefício deferido, quer dizer que o pagamento foi aprovado e será concedido ao seguro. Mas se a descrição for de benefício indeferido, significa que o pagamento foi negado.

Outra maneira de consultar o benefício do INSS, é através do da Previdência Social. Ao acessar, a orientação é ir até a aba “Assuntos”, clicar em “Outros Assuntos” e então em “Consulta de situação de benefício”. Depois de preencher os campos, é possível ver o andamento da solicitação de benefício.

Para além da internet, a consulta também pode ser feita pela Central Telefônica do INSS, por meio do número 135. Esse canal funciona de segunda a sábado, entre 7h00 e 22h00. Na ligação será necessário informar o número do CPF e conferir outras informações de cadastro, para saber o andamento da solicitação de benefício.

Prazos de análise

Os prazos para análise de pedidos de benefícios previdenciários variam de acordo com a complexidade de cada um. Ter conhecimento desses períodos pode ajudar na consulta de benefício do INSS. Confira os prazos homologados pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em dezembro do ano passado:

  • Salário-maternidade: até 30 dias;
  • Auxílio-doença: até 45 dias;
  • Aposentadoria por invalidez: até 45 dias;
  • Pensão por morte: até 60 dias;
  • Auxílio-reclusão: até 60 dias;
  • Auxílio-acidente: até 60 dias;
  • Aposentadorias: até 90 dias;
  • Benefício de Prestação Continuada (BPC): até 90 dias.

Regras para receber benefícios

Antes da consulta do benefício do INSS, é importante se atentar às regras desses pagamentos. Eles contam com diferentes critérios e prazos de carência. Veja alguns:

  • Aposentadorias: há várias modalidades de aposentadorias do INSS, bem como regras de transição que foram inseridas a partir da Reforma da Previdência. Sendo assim, o tempo de contribuição e idade mínima variam para cada caso.
  • Auxílio-doença: benefício concedido a segurados do INSS que estão temporariamente incapazes de trabalhar por motivos de doença ou acidente. Para comprovar é preciso passar por perícia médica e o período de carência é de 12 contribuições.
  • Salário-maternidade: benefício concedido a trabalhadores que se afastam de suas atividades profissionais por motivo de nascimento de filho, aborto não criminoso, adoção ou guarda judicial para fins de adoção. Para quem contribui por conta própria ao INSS, o período de carência é de 10 meses, para os demais está isento.
  • Pensão por morte: benefício concedido a dependentes de segurado do INSS falecido, que possuía, qualidade de segurado, recebia benefício previdenciário oujá tinha direito a algum benefício antes de falecer.

Por fim, para solicitar benefício no aplicativo Meu INSS, basta fazer login e clicar na seção de Agendamentos/Solicitações”. Depois disso, aperte no botão azul escrito “Novo Requerimento”, pesquisar pelo serviço desejado e preencher os campos solicitados.

*DCI