Ministro da Defesa foi demitido após negar alinhamento das Forças Armadas com governo

O ministro da Defesa o general Fernando Azevedo e Silva teria deixado o cargo após ter se nagado a alinhar as Foras Armadas com o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). As informações são do jornal Estado de São Paulo.

Azevedo e Silva deixou o Ministério nesta segunda-feira e destacou que em seu período como titular da pasta, as Forças Armadas foram preservadas como “instituições de Estado”. O ministro da Casa Civil, Braga Netto, é apontado como seu substituto.

Além dele, os comandantes do Exército, general Edson Pujol, da Marinha, almirante Ilques Barbosa Júnior, e da Aeronáutica, brigadeiro Antonio Carlos Moretti Bermudez podem sair a qualquer momento. Eles se reuniram pela tarde e devem esperar o anúncio do novo titular para decidirem se ficam ou deixam os cargos.

*Bahia.Ba