Mourão diz que presidente é responsável ‘por tudo que acontece ou deixa de acontecer na saúde’

Foto : Agência Brasil

No dia em que foi iniciada a troca no comando do Ministério da Saúde, com a chegada do cardiologista Marcelo Queiroga, o vice-presidente Hamilton Mourão afirmou que o ministro apenas executa as decisões do presidente. Por isso, na visão do vice, o presidente Jair Bolsonaro é o “responsável por tudo o que aconteça ou deixe de acontecer”. Queiroga é o quarto ocupante do cargo desde o início da pandemia.

Apesar de dada como certa, a troca, contudo, ainda não foi publicada no ‘Diário Oficial da União’. O vice-presidente comentou a escolha do cardiologista para a pasta e aproveitou para reafirmar o caráter executor da função.”A função do ministro quem define, é o decisor, é o presidente da República. O ministro é um executor das decisões do presidente da República. Até por isso, então, o presidente é o responsável por tudo o que aconteça ou deixe de acontecer, essa é a realidade”, disse Mourão.

M1