Prefeito de Curitiba cria projeto para multar quem distribuir comida para sem-teto

O prefeito de Curitiba Rafael Greca (DEM), encaminhou à Câmara Municipal um projeto que prevê multa para quem distribuir comida aos sem-teto sem autorização prévia da Prefeitura. As informações são do G1.

A proposta prevê uma advertência e o pagamento de uma multa que pode variar de R$ 150 a R$ 550, para quem causar tumulto na distribuição de alimentos em desacordo com os horários, datas e locais autorizados pelo Município. Atualmente são quase 3 mil sem-teto em Curitiba, de acordo com dados oficiais da prefeitura.

O projeto de lei entrou entre as votações da CMC na segunda-feira (29), junto com um requerimento de que, na quarta-feira (31), fosse votado em regime de urgência, porém, a proposta foi retirada de pauta pelos vereadores, que optaram pela tramitação habitual.

Após a repercussão negativa do projeto, a prefeitura explicou que a proposta é uma mudança na forma da distribuição de comida aos sem-teto;

O novo projeto ganhou o nome de Programa Mesa Solidária, e tem como objetivo organizar a distribuição dos alimentos, porque de acordo com eles há um descompasso no fornecimento das marmitas: em alguns momentos os alimentos são oferecidos em exagero e, em outros, faltam.

Segundo a Prefeitura, quando os alimentos são oferecidos em exagero, os resíduos deixados pelos sem-teto acabam atraindo vetores urbanos e pragas, a maior preocupação do município.

*Bahia.Ba