‘Correto seria revogar mandato do Bolsonaro’, diz Lula após decisão da ONU

‘Correto seria revogar mandato do Bolsonaro’, diz Lula após decisão da ONU
Foto: Reprodução, Twitter/Lula

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comentou, nesta sexta-feira (29), sobre a recente decisão do Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), que concluiu na quinta (28) que o petista foi julgado com parcialidade pelo ex-juiz Sergio Moro (União Brasil) na operação Lava Jato.

Em entrevista à Rádio Jornal, de Recife, o ex-presidente comentou sobre a violação de seus direitos políticos e de privacidade.

“O correto seria revogar o mandato do Bolsonaro e me colocar na Presidência. Como (o mandato) já está no fim, eu também não quero (mais). Então que deixe as eleições serem democráticas”, pontuou Lula.

Ainda na entrevista, o ex-presidente evitou indicar quais nomes vão formar sua eventual equipe. Para ele, escolher antes da eleição de outubro pode gerar “discórdia”.

“Se você escolher seu time antes das eleições, você pode não ganhar as eleições, porque você começa a gerar discórdia dentro do seu próprio time. É preciso ter muito cuidado”, declarou.

 

Fonte: Bahia.ba