Legalização do aborto volta ao debate público com julgamento no STF

Foto : Rovena Rosa/Agência Brasil

 

A descriminalização do aborto até a 12ª semana de gravidez, que começou a ser julgada virtualmente pelo Supremo Tribunal Federal (STF) na madrugada do dia 22 de setembro, é tema polêmico tanto entre famílias mais conservadoras que se opõem à legalização, como os evangélicos, e movimentos de esquerda e mais progressistas.

A presidente do STF, ministra Rosa Weber, é narradora do processo e registrou, na sexta-feira, 22, o voto a favor de que a prática não seja considerada crime. O ministro Luís Roberto Barroso exigiu que o julgamento fosse suspenso e conduzido ao plenário físico. A nova data ainda não foi marcada.

Hoje, dia 28, é celebrado o Dia de Luta pela Descriminalização e Legalização do Aborto na América Latina e Caribe. A Frente de São Paulo contra a Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto reúne partidos, movimentos e coletivos para ato unificado a favor do tema, às 17h no vão do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp).



Veja mais notícias no blogdovalente.com.br e siga o Blog no Google Notícia