Confira o calendário para pagamento do auxílio emergencial esta semana

Nesta semana, a Caixa Econômica Federal segue com os pagamentos das parcelas do auxílio emergencial, pago no valor de R$600 (podendo chegar a R$1.200). O Governo estima que mais de 2 milhões de brasileiros sejam beneficiados.

Confira o calendário abaixo e veja quem poderá receber entre os dias 24 e 29 de agosto.

Beneficiários do Bolsa Família

Os beneficiários do Bolsa Família vão ter um calendário diferente, separados dos demais que não estão cadastrados no programa. Ele é determinado pelo último número do NIS (Número de Identificação Social).

NIS com final nº5 – dia 24 (segunda-feira)
NIS com final nº6 – dia 25 (terça-feira)
NIS com final nº7 – dia 26 (quarta-feira)
NIS com final nº8 – dia 27 (quinta-feira)
NIS com final nº9 – dia 28 (sexta-feira)

Pagamentos dos demais

Segundo o calendário do auxílio emergencial, essa semana vai receber o benefício:

– aqueles que receberam a 1ª parcela em Abril e nasceram em Janeiro vão ter o crédito na Poupança Social Digital da 5ª parcela no dia 28 (sexta-feira);

– os que receberam a 1ª parcela em Abril e nasceram em Dezembro vão ter o crédito na Poupança Digital da 4ª parcela no dia 26 (quarta-feira);

– aqueles que receberam a 1ª parcela em Maio e nasceram em Janeiro ou Dezembro vão ter o crédito na Poupança Social Digital da 5ª e 4ª parcela, respectivamente;

– ainda, os que receberam a 1ª parcela em Junho e nasceram em Janeiro ou Dezembro vão ter o crédito na Poupança Social Digital da 3ª e 2ª parcela, respectivamente;

O calendário de pagamento da 5ª parcela do auxílio para beneficiários do Bolsa Família segue até dia 31 de agosto. Novamente, o cronograma segue de acordo com o último dígito do Número de Identificação Social (NIS).

No dia 18 de agosto, o pagamento é liberado para quem tem NIS terminado em 1. No dia 31 de agosto, o último do calendário, o pagamento é liberado para quem tem NIS terminado em 0.

Diferente do que acontece com beneficiários que fizeram cadastro pelo site ou app, os do Bolsa Família não precisam aguardar por um segundo cronograma para fazer saque em espécie do auxílio.

Os beneficiários que não recebem do Bolsa Família, receberão o recurso por depósito em poupança digital pelo aplicativo Caixa Tem. Inicialmente, o dinheiro só pode ser usado para pagamento de contas e boletos e compras por meio de cartão virtual, e só em um segundo momento o recurso é liberado para saques e transferências.  

Atualmente, o governo estuda criar mais parcelas do benefício com um valor reduzidoPorém, ainda não há nada concreto sobre a extensão. Apenas os cinco pagamentos estão garantidos.