Número de transações em agências bancárias cai 54,2% em 2019

A utilização de canais remotos para operações bancárias aumentou e os brasileiros foram menos às agências em 2019. O número de transações feitas de forma presencial, nas instituições financeiras, caiu 54,2% no ano, de acordo com dados divulgados nesta terça-feira (1º).

No período, foram 3,7 bilhões de operações em agências e postos de atendimento, contra 8,2 bilhões em 2018. O uso de caixas eletrônicos também diminuiu, com 9,2 bilhões de transações, 7,3% a menos que no ano anterior.

Em contrapartida, o uso de canais remotos e telefone celular para realizar operações bancárias aumentou 11,4% no período. Em 2019, os brasileiros fizeram 56,7 bilhões de movimentações à distância, ante 50,7 bilhões no ano anterior.

O uso do celular para transferir dinheiro, conferir extrato ou pagar contas dobrou nos últimos quatro anos. Em 2016, foram 16,7 bilhões de transações -o número chegou a 33,9 bilhões em 2019.

Em 2019, eram 122 milhões de cartões de crédito ativos no país, crescimento de 18,7%. No período, havia 132 milhões de cartões de débito ativos, 14% a mais que no ano anterior.

Os cheques continuaram em trajetória de queda, com 550 milhões de unidades repassadas em 2019, redução de 13%. Foram 10,8 bilhões de operações com cartão de débito, 9,9 bilhões com cartão de crédito e 11,8 bilhões de transferências entre contas.

Em valores, os cheques também apresentaram queda de 9%, com R$ 1,5 trilhão, mas ainda está acima das outras modalidades, como cartão de débito (R$ 668 bilhões), de crédito (R$ 1 trilhão) e transferência (R$ 49,8 bilhões).

Fonte: BN