Calendário do Bolsa Família: veja quem recebe o auxílio hoje (19)

O calendário do Bolsa Família com pagamento do auxílio emergencial já começou. Nesta segunda-feira, dia 19/04, os beneficiários com Número de Identificação Social (NIS) terminado em 2 recebem o benefício de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375.

Para as famílias que foram aprovadas nessa nova rodada,  o beneficio do Bolsa Família deve ficar bloqueado durante o pagamento do auxílio emergencial, o que deve ocorrer durante quatro meses. Ao fim do pagamento dessas parcelas, os integrantes voltam a receber os valores originais do programa.

Os beneficiários de fora do Bolsa Família começaram a receber os depósitos no dia 06 de abril. Ao passo que, são divididos levando em consideração o mês de nascimento.

Pagamento do auxílio emergencial é de R$ 150, R$ 250 e R$ 375

O valor do pagamento do auxílio emergencial varia de acordo com a composição da família, podendo ser de R$ 150, R$ 250 ou R$ 375. Confira qual valor você deve receber:

  • Famílias com mais de uma pessoa e que não são chefiadas por mulheres: recebem parcelas de R$ 250;
  • Pessoas que moram sozinhas: recebem parcelas de R$ 150;
  • Mulher provedora de família monoparental (mãe solteira): recebem parcelas de R$ 375.

Os beneficiários devem receber ao todo quatro parcelas, e o pagamento está limitado a uma pessoa por família. Os integrantes do Bolsa Família devem receber o benefício mais vantajoso, seja do próprio programa ou do auxílio emergencial.

Critérios para receber a nova rodada do benefício

Cerca de 45,6 milhões de famílias devem ser beneficiadas pela nova rodada do  auxílio emergencial, inclusive famílias incluídas no calendário do Bolsa Família. Esse grupo contempla as pessoas que receberam o benefício no ano passado, até o mês de dezembro, e que atendem aos critérios do auxílio de 2021.

Uma dessas regras diz respeito à renda. Para ter direito ao auxílio emergencial, a renda familiar por pessoa não deve ultrapassar de meio salário mínimo por mês, ou seja, R$ 550.

Já a renda familiar total não deve ser maior do que três salários mínimos por mês, ou seja, R$ 3.300.

Além disso, não podem adquirir o novo benefício os trabalhadores de carteira assinada, pessoas com menos de 18 anos de idade, com exceção de mães adolescentes. Bem como, cidadãos que recebem benefício previdenciário, assistencial ou trabalhista ou de programa de transferência de renda federal, com exceção do abono salarial e Bolsa Família.

Calendário do Bolsa Família para o auxílio emergencial

No calendário do Bolsa Família para o auxílio emergencial, os cidadãos pegam o dinheiro nos dez últimos dias uteis de cada mês. Ao passo que, os beneficiários recebem o  dinheiro de acordo com o número final do NIS , sem considerar o dígito verificador que vem após o prazo. As quatro parcelas serão pagas nos meses de abril, maio, junho e julho. Confira o calendário da primeira parcela:

  • 16 de abril: NIS de final 1
  • 19 de abril: NIS de final 2
  • 20 de abril: NIS de final 3
  • 22 de abril: NIS de final 4
  • 23 de abril: NIS de final 5
  • 26 de abril: NIS de final 6
  • 27 de abril: NIS de final 7
  • 28 de abril: NIS de final 8
  • 29 de abril: NIS de final 9
  • 30 de abril: NIS de final 0

*DCI