Bolsonaro pediu para questões do Enem tratarem Movimento de 64 como revolução, dizem servidores

questões

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) pediu ao ministro da Educação, Milton Ribeiro, para que, em questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), o Movimento de 1964 fosse tratado como uma revolução.

Segundo relatos de integrantes do governo federal, a solicitação teria sido feita no primeiro semestre deste ano.

O pedido de Bolsonaro veio à tona por meio de denúncias após ele dizer que questões do Enem “começam agora a ter a cara do governo”. Às vésperas do exame, o governo passa por uma crise que envolve denúncias de interferência em conteúdo e assédio moral de servidores.

Segundo informações da Folha de S.Paulo, após receber o pedido, Ribeiro chegou a comentar a fala com equipes do MEC (Ministério da Educação) e do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), mas não teria levado a solicitação adiante de modo prático, uma vez que os itens passam por longo processo de elaboração.

*Bahia.Ba