Dois são presos por suspeita de integrar bando de roubo a bancos; um fuzil e vasta munição são apreendidos

Imagem: Divulgação/SSP-BA

Mais dois integrantes de uma quadrilha envolvida com roubos a bancos foram capturados, na manhã desta quarta-feira (12), no município de Serra do Ramalho, em continuidade da operação ‘Aerárium’. Um fuzil e mais de 600 munições foram apreendidas com eles.

Denúncias anônimas auxiliaram equipes da 38ª Companhia Independente da Polícia Militar (CIPM) na localização dos criminosos em uma residência utilizada pela dupla como esconderijo para armazenar armas e drogas.

Durante as buscas, os policiais encontraram, além do fuzil modelo M16 calibre 5.56, 691 munições de diferentes calibres – dentre elas, 375 para fuzil -, uma pistola calibre 6.35, uma espingarda calibre 12, dois carregadores de fuzil e de pistola, uma makita, cinco algemas, quatro balaclavas, nove quilos de drogas (maconha, crack e cocaína), embalagens para armazenar os entorpecentes, seis balanças, um carro modelo ASX 2.0, placa NZJ5G88 e roupas camufladas.

Conforme explicado pelo comandante da 38ª CIPM, major Pedro Paulo de Araújo, ao notar a chegada das guarnições, um deles tentou fugir. “Ele foi capturado ainda no entorno da casa. Vamos continuar nossas rondas, atentos às denúncias e com esse trabalho preventivo. Sabemos que trata-se de uma quadrilha, então, vamos continuar focados em localizarmos outros suspeitos”, garantiu o oficial.

Os criminosos e todo material foram apresentados na 24ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin).

Operação

Na segunda-feira (11), outros quatro integrantes de atuarem em crimes desta mesma modalidade foram localizados na operação ‘Aerárium’, em diferentes ações, nas cidades de Serra do Ramalho e Maracás.

As ações realizadas pelas 34ª, 38ª, 77ª, 92ª, 93ª CIPMs, Rondesp Sudoeste e pela Cipe Cerrado, além de equipes das polícias Civil, Federal e Rodoviária Federal também tiveram início após recebimento de ligações anônimas e de um bloqueio montado numa região de mata, em Maracás.

Em Serra do Ramalho os dois bandidos reagiram a abordagem e, no revide, acabaram feridos e não resistiram.Com a dupla foram encontrados um revólver calibre 38 e uma pistola de calibre 380.

Já em Maracás, com os outros dois integrantes os policiais conseguiram apreender, além da quantia de R$ 236 mil, duas pistolas. Nessa ação também houve confronto e eles não resistiram.