Maia ataca PT por defender a revogação da reforma trabalhista

O ex-presidente da Câmara Rodrigo Maia (RJ) criticou a posição do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e Gleisi Hoffman, ambos do Partido dos Trabalhadores (PT) por saírem em defesa da revogação da reforma trabalhista no Brasil. A discussão foi reavivada após publicação de Lula sobre a Espanha estar revendo as mudanças na legislação trabalhista feitas em 2012.

No Brasil, a reforma foi realizada durante o governo do ex-presidente Michel Temer (MDB), com a promessa da criação de “milhões de empregos” e “aumentar a renda dos trabalhadores”.

Em entrevista ao jornal Folha de S.Paulo, Rodrigo Maia disse que o PT repete os erros praticados entre meados do governo Lula e a gestão Dilma Rousseff.

O assunto tem repercutido nas redes sociais. Na manhã desta quarta, Maia voltou ao Twitter para retrucar: “Acho interessante que a esquerda critica a reforma trabalhista, mas não tem uma proposta para reduzir a informalidade no Brasil.”

Fonte: Congresso em Foco