Em nota, Natulab afirma que não houve mudança no número de casos de colaboradores que testaram positivo para a Covid-19

 

Após pedido de reconsideração e o cumprimento de requisitos acordados, a Prefeitura de Santo Antônio de Jesus autorizou a retomada do funcionamento exclusivamente do setor “linha de produção” no site I da empresa Natulab. Em nota, a empresa informou que as atividades retornaram nesta quinta-feira, 21, com as regras de segurança para prevenção da Covid-19 rigorosamente ativas.

 

Veja nota na íntegra: 

A Natulab informa que retoma as atividades na unidade fabril do Site 1 a partir de hoje, 21 de maio, com aprovação da Prefeitura Municipal de Santo Antônio de Jesus e da Secretaria Municipal de Saúde e Vigilância Sanitária. A área já passou por um processo completo de desinfecção e as regras de segurança para prevenção da Covid-19 seguem rigorosamente ativas.

Como medida complementar ao plano de prevenção de crise, a Natulab estabeleceu, junto aos órgãos competentes, que a retomada das atividades se dará com um novo grupo de colaboradores, deslocados de outras unidades fabris da empresa.

Os profissionais da área administrativa permanecem em home office. O acesso à fábrica, onde não há até o momento nenhum caso suspeito, é controlado. Não houve qualquer mudança no número de casos de colaboradores que testaram positivo para a Covid-19, totalizando quatro casos. Eles seguem com acompanhamento da companhia e estão bem. Aqueles com quem tiveram contato direto também seguem monitorados.

A Natulab realiza um trabalho diferenciado de prevenção junto à Secretaria Municipal, analisando detalhadamente cada caso concreto e buscando o bom equilíbrio entre a preservação da saúde e a manutenção do trabalho, que é essencial para a população e para a cidade. A retomada das atividades se deu pelo trabalho conjunto entre a Natulab e a Prefeitura Municipal, em um esforço para a adoção de medidas complementares, tranquilizando a população e mantendo com todo o cuidado sua produção de medicamentos, uma demanda prioritária, principalmente neste momento de combate à pandemia.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *