Léo Valente: fechar o comércio aumenta casos de Covid e e gera desemprego

Com o aumento de casos de Covid-19, algumas medidas de prevenção e combate ao vírus estão de volta. Uma delas é o toque de recolher, decretado pelo Governador Rui Costa no último dia 20, proibindo a circulação de pessoas das 20h às 05h. Alguns prefeitos, incluindo o de Santo Antônio de Jesus, chegaram a cogitar o fechamento do comércio, caso a situação fique mais estreita.

Para o radialista Léo Valente, essa medida não deu certo no ano passado e só prejudicou a economia, “Não pense que fechando o comércio as pessoas vão andar de máscaras, não é a solução. Pode ser a solução de impacto, mas não traz resultado prático. Não pense que ao fechar comércio, as pessoas não vão lotar o banco, casas lotéricas”, disse.

De acordo com ele, as maiores aglomerações aconteceram no período eleitoral, onde milhares de brasileiros foram às escolas, tudo no mesmo horário, para votar no seu candidato, sem contar os comícios que causaram aglomerações.

“O preço está aí e quem tem que pagar por isso é o comércio, a economia? Quem tem salário para receber sabe o que é ficar o dia todo em casa sem ter dinheiro para comprar comida. Tem medidas mais inteligentes. Uma coisa é distanciamento, outra coisa é acreditar que fechando comércio todo mundo vai ficar em casa. O efeito pode ser bem ao contrário”, frisou.