“Seria ingenuidade pensar que políticos se reúnam para tratar só de economia. Estão de olho na eleição”, diz Alexandre Garcia