Araçás: Conselho Tutelar apura relação entre adolescente de 13 anos e homem de 42

O Conselho Tutelar do município de Araçás, na Bahia, está apurando um suposto caso de estupro de vulnerável entre uma adolescente de 13 anos e um homem de 42. A relação, de acordo com familiares, é consentida pela mãe da menor há meses e que os dois moram junto na casa dela.

Ao BNews, um dos familiares da adolescente confirmou a situação e relatou que a menor se relaciona com o homem desde que tinha 11 anos, enquanto ele ainda estava namorando com a irmã dela,que na época tinha 13 anos. “É uma situação complicada, por que a mãe está de acordo com o que acontece. Embora ela alegue que está tudo certo e já tenha falado com o conselho tutelar, ninguém da família concorda e ela briga com todos que tentam intervir para separar a menina deste homem”, disse o denunciante.

Além das filhas de 13 e 15 anos, há uma jovem de 22 anos que, de acordo com um familiar, também sofreu abuso sexual dentro da própria casa por um tio, irmão da mãe dela. “A menina de 15 anos está sofrendo com depressão, pois tem que conviver com o ex-namorado que agora está com a própria irmã de 13 anos, no entanto, a mãe dá de ombros”, lamentou.

A reportagem entrou em contato com o Conselho Tutelar da cidade que confirmou que visitou a casa da família na manhã desta sexta-feira (11), e ouviu a responsável pelas meninas. Agora, uma reunião será realizada para definir os próximos passos, inclusive, ouvir os envolvidos antes de protocolar o caso para o Ministério Público da Bahia (MP-BA).

O Bnews procurou a Secretaria de Assistência Social da cidade, mas até o fechamento dessa matéria não obteve um posicionamento sobre o caso.

BNews




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *