Fux suspende liminar que soltou chefe do PCC

Opresidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luiz Fux, atendeu ao pedido da Procuradoria-Geral da República (PGR) e suspendeu a decisão do ministro Marco Aurélio Mello que determinou a soltura do chefe da facção criminosa PCC, o traficante André Oliveira Macedo, conhecido como André do Rap.

De acordo com o site O Antagonista, em sua decisão, Fux afirma que a soltura do criminoso “compromete a ordem e a segurança públicas” por se tratar de paciente “de comprovada altíssima periculosidade” e com “dupla condenação em segundo grau por tráfico transnacional de drogas”.

André do Rap foi condenado a mais de 25 anos de prisão. Ele conseguiu, na última terça-feira (6), um habeas corpus no Supremo, concedido por Marco Aurélio.

O traficante é apontado pelo Ministério Público de São Paulo como um dos mais importantes líderes do PCC no tráfico internacional de drogas. Ele havia deixado a prisão neste sábado (10).

BNews