Em nova ação, Justiça determina que Facebook e Twitter deletem em 24 h postagens ofensivas à Marielle

Uma decisão desta segunda-feira (17) da 49ª Vara Cível do Rio de Janeiro determinou que posts ofensivos contra a vereadora Marielle Franco, assassinada a tiros em março de 2018 no Centro do Rio, sejam apagados do Twitter e do Facebook em 24 horas.

Caso as empresas não respeitem a decisão da juíza Renata Gomes Casanova, a pena pode chegar a R$ 500 mil por dia. A ação foi parcialmente favorável a um pedido da família de Marielle.

Em várias postagens, foram encontradas montagens com usuários segurando a cabeça da vereadora.




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *