Advogada fala da ação judicial que pede anulação da eleição em SAJ, “Temos provas de corrupção”

A coligação ‘A Força do Trabalho’, do prefeito Rogério Andrade (PSD), move uma ação judicial para investigar compra de votos e pede anulação da eleição 2020 em Santo Antônio de Jesus (SAJ). Numa entrevista à Rádio Andaiá FM, na manhã desta terça-feira (29), a advogada Andreia Prazeres explicou que foi evidenciado, durante todo o período eleitoral, um movimento onde as pessoas eram exibidas como ‘mercadorias’ nas redes sociais. “Chegou ao nosso conhecimento através de algumas provas da Polícia Federal (PF) e, ao fim do período, nós conseguimos um robusto acervo probatório para poder impetrar uma ação judicial para investigação, junto com a Justiça Eleitoral, PF e Receita Federal como instrumento”, disse.

De acordo com ela, a PF está investigando vários crimes, dentre eles abuso de poder econômico e descumprimento de regra de arrecadação. “Nessa ação tem inúmeras evidências, provas de corrupção e levamos à Justiça Eleitoral. Temos muitas testemunhas. Esta ação é robusta. Entendo que o resultado vai ser favorável à nossa reivindicação, que será a anulação da eleição de Santo Antônio de Jesus. Como não foi uma eleição onde a vontade do eleitor foi livre, ela pode ser reivindicada. É um caminho longo. Agora a Justiça Eleitoral estabeleceu um prazo limite para as ações tramitarem”, frisou.