Aliados de Lula avaliam que Bolsonaro não irá aos debates eleitorais

Fotos: Marcelo Camargo e Valter Campanato/Agência Brasil

Aliados do ex-presidente Lula que atuam na pré-campanha dele a um novo mandato presidencial veem  a ausência do presidente Jair Bolsonaro nos debates eleitorais como hipótese mais provável. Avaliam que ele não deve querer se expor, assim como fez em 2018, quando exercia mandato de deputado federal. As informações são do colunista Igor Gadelha, do site Metrópoles.

Na época,  o atual mandatário do Planalto se recuperava da facada que levou durante uma agenda de campanha na cidade de Juiz de Fora (MG), em 6 de setembro. Antes de sofrer o atentado, Bolsonaro chegou a participar dos encontros organizados pela Band e pela RedeTV.

“ Ele foge dos debates e continuará fugindo”, avaliou o deputado federal e ex-minsitro da Saúde, Alexandre Padilha (PT-SP), um dos mais próximos de Lula. Em entrevista concedida em novembro de 2021 ao jornalista Luís Roberto Lacombe, Bolsonaro disse que até topa participar dos debates em 2022, mas sob a condição de não tratar de sua vida particular – família e amigos. Para o outro lado, o petista, esta foi a senha para novamente não comparecer a estes eventos.

Fonte: Bahia.ba