“O mesmo cara que quase quebrou o Brasil de vez quer voltar à cena do crime”, disse Bolsonaro se referindo ao ex-presidente Lula (PT)

“O mesmo cara que quase quebrou o Brasil de vez quer voltar à cena do crime”, disse Bolsonaro se referindo ao ex-presidente Lula (PT)
Foto: Marcos Corrêa/PR

O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou de um evento em uma unidade da Petrobras, na cidade de Itaboraí (RJ), na manhã desta segunda-feira (31). Durante o discurso, o chefe do Executivo disparou contra o ex-presidente e adversário na corrida eleitoral deste ano, Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“O mesmo cara que quase quebrou o Brasil de vez e destinou um prejuízo de quase R$ 1 trilhão à Petrobras quer voltar à cena do crime”, disse Bolsonaro a servidores da estatal.

De acordo com o Metrópoles, ainda durante o discurso Bolsonaro defendeu que o país deveria ter refino do petróleo para que a gasolina e o diesel fossem mais baratos.

“A Petrobras tem manual para isso, tem competência, tem capacidade, mas o PT, que chegou com um brilhante discurso em 2003, se voltou para um projeto de poder, comprando partidos políticos, comprando quem aparecesse pela frente.[…] Se aquele bando, aquela quadrilha voltar, não vai ser apenas Petrobras que deve ser arrasada, vão roubar a nossa liberdade”, concluiu o presidente.

No sábado (29), Lula utilizou as redes sociais para criticar a gestão de Bolsonaro na estatal. “Enquanto a Petrobras tem 30% do seu refino ocioso, temos 400 empresas importando gasolina dos Estados Unidos, com preço internacional. Nós não precisamos disso. Gasolina aqui tem que ter o custo Brasil, não o custo Estados Unidos. Não é para ser dolarizada”, escreveu o petista.

Fonte: Bahia.ba